NEWSLETTER
FALE CONOSCO

Temos o maior prazer em atendê-lo.

 

  • Telefone: +55 (62) 3241-8600

 

SIGA-NOS

Estamos nas Redes Sociais

  • Facebook App Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
Aplicativo ISB
Interschool Brasil
Interschool Brasil

Habilidades Socioemocionais na educação infantojuvenil: DESENVOLVER É POTENCIALIZAR.

Ajudar na evolução das múltiplas aptidões e o talento interno de cada criança é despertar o potencial criativo, crítico e transformador para uma nova geração.

 

_

 

Na década de 1980, o psicólogo e cientista Howard Gardner inovou o meio pedagógico com a teoria que abordava e capacitava as inteligências múltiplas de cada indivíduo, mesma metodologia, aliás, que a INTERSCHOOL de Goiânia, escola de ensino bilíngue, promove como um dos principais alicerces para o desenvolvimento dos seus alunos.

 

Entre as inteligências múltiplas presentes em cada ser humano estão as habilidades socioemocionais - competências fundamentais para a formação integral do indivíduo e presentes em diversos setores da vida, que integram a forma como cada um transita pelo mundo: seu processo de aprendizado, convívio em sociedade, trabalho, valores e as próprias emoções que aparecem durante cada uma dessas etapas.

 

Mas, afinal de contas, o que são as habilidades socioemocionais?

 

Basicamente, as habilidades socioemocionais são um conjunto de qualidades e aptidões interiores relacionadas à capacidade de gerenciar e lidar com as emoções, demonstrar empatia, manter relações saudáveis e colocar em prática as melhores atitudes e competências possíveis.

 

Elas estão ligadas diretamente com dois tipos de inteligência emocional: a inteligência intrapessoal e a inteligência interpessoal. Abaixo, falamos um pouco sobre cada uma delas.

 

Veja só:

 

A inteligência intrapessoal é, em resumo, a sua relação com você mesmo. É ela que nos possibilita uma compreensão mais ampla e profunda sobre a razão de cada um ser do jeitinho que é. A inteligência intrapessoal nos permite acessar nossos sentimentos e refletir sobre todos eles.

 

Já a inteligência interpessoal é a nossa relação com outras pessoas. Ela é responsável por aprimorar nossa capacidade de empatia e também de compreender detalhes, interpretar palavras, circunstâncias e problemas de outras pessoas.

 

O desenvolvimento teórico e prático dessas duas inteligências através do sistema de ensino reflete no comportamento futuro do indivíduo em sociedade e também na sua formação profissional. Por exemplo: educadores, psicólogos e advogados são perfis de profissionais que costumam demonstrar uma capacidade elevada em inteligência interpessoal – ou deveriam, não é verdade?

 

Acima de tudo, elas são responsáveis por capacitar as crianças para aprenderem a lidar com os desafios encontrados em todos os âmbitos ao longo da vida e impactam diretamente o futuro profissional da criança em formação. Agora, como é possível desenvolver essas habilidades?

 

O potencial individual de cada criança e talentos diferenciados para cada atividade.

 

Em primeiro lugar, é fundamental que os educadores enxerguem cada indivíduo em sua totalidade. A INTERSCHOOL Brasil de Goiânia tem como base processos pedagógicos que consideram cada criança a partir de uma multiplicidade de valores, o que leva ao desenvolvimento de capacidades inatas e o vasto potencial de talentos presente em cada ser humano. Nessa concepção de ensino e aprendizagem é levado em consideração aspectos individuais, pessoais e característicos de cada aluno, no intuito de poder reconhecer seu perfil pedagógico específico e desenvolver um método de ensino muito mais eficaz.

 

Afinal, é exatamente nessa etapa de educação infantojuvenil que é possível estruturar as habilidades socioemocionais e formar a base do conhecimento e visão de mundo que serão levadas para a vida toda desse pequeno cidadão ou cidadã.

 

Nesse sentido, a teoria das inteligências múltiplas, criada por Howard Gardner e da qual falamos lá no começo deste texto, deve ser uma ferramenta imprescindível em qualquer base de ensino, pois, se o indivíduo não é presenteado com um único tipo de inteligência, vem daí a necessidade e cuidado em preparar, estimular e desenvolver as competências individuais de cada aluno e aluna.

 

Só que para atingir esse objetivo é necessário, antes de tudo, realizar um trabalho prévio com as habilidades socioemocionais, já que serão elas as responsáveis por guiar as capacidades individuais, com equilíbrio e harmonia, em um mundo onde as crianças são protagonistas do seu próprio desenvolvimento, sendo que tal evolução só será completa se a criança absorver todas as estratégias de ensino flexíveis e abrangentes que existem unicamente para somar à vida e jornada de qualquer pessoa.

 

Empatia, inteligência emocional, resiliência e capacidade de tomar decisões positivas são algumas das habilidades socioemocionais desenvolvidas na INTERSHOOL BRASIL de Goiânia e importantes aliadas para o futuro.

 

A importância de uma educação plena coloca a criança no centro dos processos de desenvolvimento, preparando essa nova geração para transformar o seu potencial em competências excepcionais e que irão acompanhar a realidade cotidiana da criança durante toda a vida.

 

Vamos falar um pouquinho sobre cada uma delas?

 

 

Empatia:

A empatia é fundamental dentro de qualquer ambiente em que uma criança esteja inserida. Nesse ponto, três fatores são imprescindíveis: saber ouvir, saber se colocar no lugar do outro e saber propor soluções que incorporem a ideia de todos e represente o ideal de coletividade, parceria e união.

 

Inteligência Emocional:

A inteligência emocional se conecta com o autoconhecimento e abrange as inteligências intrapessoal e interpessoal - aquelas que falamos logo no início do texto, lembra? Ela é a capacidade de reconhecer e avaliar os próprios sentimentos e os dos outros, aprender a lidar com eles e traçar um mapa pessoal para entender melhor quem somos e onde queremos chegar.

 

Resiliência:

Desenvolver a resiliência através do ensino é estimular a personalidade de pessoas que não desistam dos seus objetivos e sonhos com a consciência de que, mesmo encontrando dificuldades no caminho, elas saibam valorizar cada luta até chegar na realização do seu propósito. Sabe aquela história do “foi difícil, mas consegui”? Pois bem, a filosofia é a mesma.

 

Decisões Positivas:

A capacidade de tomar decisões positivas está diretamente ligada ao pensamento crítico e questionador. Essa habilidade permite identificar diferentes lados de um mesmo assunto, saber filtrar, validar as informações e, principalmente, estar aberto para várias perspectivas e preservar o respeito ao outro.

 

 

É importante dizer que o desenvolvimento de habilidades socioemocionais estimula e auxilia a própria aprendizagem do aluno, além de contribuir para o seu desenvolvimento cognitivo, modelar papéis sociais, transmitir valores e promover a diversidade na sala de aula. Muita coisa boa, não concorda?

 

E o estímulo aplicado na multiplicidade de inteligências está diretamente ligado à abordagem de comunicação mais ampla. Quer um exemplo bom demais sobre isso? Nós temos! O ensino bilíngue oferecido pela Escola Internacional de Goiânia cria, por meio de um extenso repertório de técnicas e estratégias que vão além daquelas puramente linguísticas e lógicas que todos nós já vimos por aí, uma série de possibilidades inovadoras, positivas e mais enriquecedoras para a experiência individual de todos os nossos alunos e alunas.

 

São técnicas e ferramentas que vão reproduzir um mundo ilimitado para seus filhos (as), netinhos (as) e sobrinhos (as), que estão começando a se formar e formar também seu pensamento crítico, social e intelectual, visto que todos esses elementos melhoram o desempenho acadêmico, ajudam na superação de desafios, promovem o trabalho em equipe e encorajam o convívio com as diferenças.

 

 

A capacitação das múltiplas inteligências e o seu impacto no futuro.

 

Como engajamos os alunos no movimento atual do mundo e toda sua inovação tecnológica? Ou, indo além, como estimulamos as crianças a se apropriarem de coração ao novo idioma e se coloquem no centro dos acontecimentos?

 

O papel da Interschool de Goiânia é reconhecer que cada indivíduo é único e que todas as inteligências são importantes para que a criança, ao crescer, seja plena em suas habilidades, forças, interesses e contribuições em sociedade.

 

Assim, é muito importante que os diferentes tipos de inteligência se unam e se complementem entre si através de estratégias didáticas que colocam em pauta o trabalho com a inteligência de cada aluno e também conteúdos que contemplem todas elas, para que nossas crianças possam desenvolver uma gama de habilidades e competências transformadoras e que serão sinônimo de excelentes valores no futuro.

 

Por isso, através de uma postura educacional com a pedagogia sociointeracionista, a Escola Internacional de Goiânia cultiva a construção do conhecimento com base total na interação com o meio social e dentro do processo de integração desenvolvido pelo ensino bilíngue, além de ferramentas didáticas especialmente idealizadas para preparar uma nova geração de pessoas flexíveis, capazes de identificar e resolver problemas, trabalhar em equipe e que pensam de forma global.

 

Gostou de entender um pouco mais sobre habilidades socioemocionais e como nós não abrimos mão deste conceito? Venha nos conhecer, vivenciar um pouco do nosso universo e tera certeza de que aqui qualquer criança cresce e se desenvolve com mais felicidade, segurança e sucesso.

 

Até o próximo texto – ou então, numa visitinha à INTERSCHOOL de Goiânia!

Esperamos por você!

 

Deixe um comentário aqui em baixo, compartilhe conosco o que você pensa sobre esse assunto. 

 

 

Please reload

Destaques

Inteligência emocional nas instituições de ensino: QUAL A IMPORTÂNCIA?

September 30, 2019

1/9
Please reload

Artigos Recentes

February 5, 2019

May 28, 2018